De minha parte eu não digo nada!...

Euna Britto de Oliveira

DE MINHA PARTE EU NÃO DIGO NADA!...

Falecer é uma coisa pela qual
Todos que nasceram e aqui estão
Terão de passar um dia…
Assim foi, assim é, assim será!
Plano de Deus não se discute.
Acata-se!
Uns têm preguiça de morrer
Outros têm pressa
Outros têm medo…
Até desejo de partir há quem o tenha!...
Cada um com o seu sentimento
Com o seu parecer
A respeito da indesejada!...
De minha parte eu não digo nada
Ponho-me nas mãos de Deus
E seja o que Ele quiser!...
Bem ou mal proceder é o que faz merecer os prêmios
Ou os castigos da vida!...
Ao observar os Tribunais da Terra
Fico imaginando como deve ser
O Tribunal do mundo espiritual!...
Advogados de Defesa e de Acusação!
Nossos feitos na balança!...
Nosso Anjo de Guarda e nossos benfeitores
Os emissários do cão
E o Acusador com o levantamento da vida pregressa de cada um!
Tudo o que se falou nesta vida
Em desabafo ou em tom de brincadeira
Será usado contra quem está sendo julgado
O Acusador ouviu e gravou tudo!
Em compensação, até um copo d'água oferecido com amor
Ou um "Deus lhe pague" de gratidão
Serão valorizados e computados entre os merecimentos!...
Nosso Anjo de Guarda também viu e registrou tudo!
O Justo Juiz do qual o Moro é apenas um pálido reflexo
Dá a sentença ou a absolvição
E indica o lugar de cada um!...
Depois do cemitério o negócio é sério!...
É instância única, justíssima, sereníssima!...
Sem mais nenhum apelo
Nenhuma apelação!...

Euna Britto de Oliveira
BH, 17 /11/2019

Envie este Poema

De: Nome: E-mail:
Para: Nome: E-mail:
Sinceros agradecimentos pela preservação da Autoria.